O DIA DAS MÃES E UMA CIDADEZINHA ITALIANA


um ano após a minha chegada na Italia resolvi fazer uma viagem à terra dos meus avós maternos para presentear minha mãe por ocasião dos seus 60 anos.

uma viagem no tempo dos meus antepassados que me levou a conhecer um lugar mítico para mim e para ela, um contato com as nossas origens que fotografei em preto e branco e montei num álbum feito de papel de aquarela e escrito à mão.

agora, com a proximidade do dia das mães me lembrei desse trabalho, realizado em 1992 e que voltou para mim após o falecimento de minha mãe, já há muitos anos.

uma narrativa movida pelo afeto, que traz à tona a idéia do álbum de família e do registro material das nossas origens, algo que era muito comum e que está desaparecendo com a fotografia digital.

fica aqui este registro que faz parte da minha história pessoal e que traz de volta a memória do passado, um traço fundamental da fotografia.

inscreva-se aqui para receber o melhor da fotografia:http://studioimaginar.com.br/inscrever

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon