PERDIDO NO TEMPO


durante uma viagem a Veneza me vi perdido num lugar onde o tempo não passa, e entre as imagens da bienal de arte, pinturas, vídeos e instalações viajei entre a realidade e a imaginação, no tempo dos sonhos dos homens.

numa igreja medieval, uma história única e grandes pinturas de Tintoretto ao som de um órgão renascimental completam o quadro mágico desse momento.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon