A LINGUAGEM DO OLHAR 

Um método único para dominar a narrativa fotográfica,

desbloquear a criatividade e abrir seu horizonte expressivo

O que estou para revelar agora é quase óbvio, mas pode mudar a sua relação com a fotografia para sempre. Simplesmente porque nenhum curso de fotografia aborda a questão desse ponto de vista.

A fotografia não é apenas diafragma, velocidade, ISO e Lightroom, mas um vasto território de expressão que começou 200 anos atrás e se estende para o futuro muito rapidamente.

 

Ninguém pode percorrer um território tão vasto sem um mapa e uma bússola. E muitas vezes uma mapa e uma bússola não bastam, pois um pedaço de papel não define a realidade das coisas.

Mas se tivermos um guia que conhece o território tudo fica mais claro, pois ele pode nos poupar muito tempo e energia nos levando ao caminho certo e nos concentrando em pontos essenciais.

O território da fotografia é a linguagem fotográfica, e aprender essa linguagem é tão fundamental para a fotografia quanto aprender as palavras na linguagem verbal. É  isso o que eu quero que você entenda.

A linguagem fotográfica é um caminho, e o instrumento do fotógrafo é o olhar.

É fundamental conhecer o que já foi feito para poder prosseguir, pois quando vamos fotografar não estamos reinventando a fotografia, mas fazendo parte de um processo histórico, de uma evolução da linguagem.

A fotografia não depende apenas da nossa capacidade técnica, como disse o grande fotógrafo Ansel Adams:

"Você não faz uma fotografia apenas com uma câmera. Você traz para o ato de fotografar todas as fotos que você já viu, os livros que você leu, a música que você ouviu, as pessoas que você amou."

 

Outro grande fotógrafo, Elliot Erwitt, sugere sobre a possibilidade de construir o seu próprio olhar:

 

"Para mim a fotografia é a arte da observação. É encontrar algo interessante numa situação ordinária...Tem pouco a ver com as coisas que vemos e tudo a ver com o modo em que vemos."

Assim como a literatura, a fotografia é o exercício de uma linguagem, e essa linguagem tem que ser aprendida através do conhecimento e da prática. 

Hoje temos instrumentos que produzem imagens perfeitas sem exigir nenhum conhecimento técnico, mas se não soubermos controlar o processo e dar um significado a essas imagens somos simples operadores, analfabetos na linguagem que utilizamos.

 

Entender a linguagem fotográfica é abrir horizontes para a criatividade e a expressão, levando os resultados da sua fotografia a um outro patamar.

A idéia de linguagem fotográfica que vamos desenvolver neste curso vem do que aprendi em mais de 40 anos estudando e praticando fotografia, para entender o essencial e transmitir de uma maneira simples e intuitiva.

Porque escolhi o comercial da Apple para falar de linguagem fotográfica?

 

Porque aqui temos um pouco de tudo o que me interessa abordar como idéia de criação de imagem: um conceito forte, extremamente bem realizado, utilizando muitas referências para criar algo completamente novo e revolucionário.

O filme, dirigido por Riddley Scot, que ficou famoso com Blade Runner dois anos antes, é inspirado no livro 1984 de George Orwell, que fala de um mundo dominado pela propaganda do Grande Irmão, um ditador que aparece nas telas em todo lugar e faz uma lavagem cerebral nas pessoas. O cenário  e a história do filme por sua vez são inspirados no filme Metrópolis, de Fritz Lang, realizado em 1927.

O importante é entender que também na fotografia as imagens que criamos não nascem do nada, mas de um grande universo de referências que compõem o território fotográfico.

 

Conhecer esse território é o primeiro passo para entender onde estamos e onde queremos ir com a nossa fotografia.

A fotografia faz parte de uma longa tradição de representação do mundo através da imagem, que nasceu com o primeiro desenho nas cavernas e hoje aponta para a realidade virtual

Apresentando o curso online

A LINGUAGEM DO OLHAR

Se você às vezes se sente inseguro em relação às suas fotos, ao tema, à luz correta ou à composição, esta é a sua chance de sair do clichê, desenvolver o seu olhar e aprimorar o seu estilo.

CURSO 100%

ONLINE

Assista em qualquer lugar e a qualquer hora

CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

DISPONIVEL

24H / DIA

Liberdade para seguir seu próprio ritmo

COMUNIDADE FECHADA NO FACEBOOK

Completando 90% das aulas você pode receber o seu certificado

Conheça seu novo INSTRUTOR

10 AULAS CONTEÚDO EXCLUSIVO

Aulas em vídeo com exercícios práticos

a cada etapa

CONTATO COM 

O PROFESSOR

Os alunos tem contato direto comigo através do Facebook, e-mail ou WhatsApp

ACESSO POR UM ANO

Assista ao curso quantas vezes quiser, sem restrições

+ 9 HORAS 

DE VÍDEO

mais de 9 horas de conteúdo exclusivo em aulas, além dos bônus 

Uma comunidade onde você vai postar seus exercícios e interagir, comigo e com os demais alunos 

Oi, tudo bem?

Meu nome é Roberto Cecato

Comecei na fotografia como assistente de câmera de cinema há mais de 40 anos, passando depois ao fotojornalismo e à fotografia de estúdio.

Colaborei com diversas revistas de fotografia ainda nos anos 80 escrevendo matérias técnicas, fui presidente e diretor cultural de duas associações de fotógrafos.

Em 1991 abri meu estúdio em Milão, onde trabalhei por 21 anos para grandes revistas internacionais e clientes como Vogue, Casa Vogue, Gucci, Yves Saint Laurent, Alexander McQueen, Burberry, e outros.

Nesse período realizei também exposições individuais na Italia, França, Portugal, Alemanha e Brasil, participei de grandes projetos internacionais e ministrei cursos e palestras sobre fotografia.

Voltando ao Brasil ganhei o prêmio de melhor capa de revista brasileira de 2012 com a revista Casa Vogue, e em 2016 resolvi compartilhar meus conhecimentos com um canal no YouTube.

Em 2017 realizei um evento online com a participação de 900 inscritos, onde encontrei dezoito dos maiores fotógrafos brasileiros, muitos deles amigos  de longa data, como Araquém Alcantara, Miguel Rio Branco, Bob Wolfenson, Cassio Vasconcelos, Juan Esteves, Cristiano mascaro, Arnaldo Pappalardo, entre outros.

 Hoje eu quero disponibilizar a minha experiência de 40 anos como fotógrafo e cineasta para quem se aventura no mundo da imagem.  

Durante esses anos de experiência pude verificar e descobrir muita técnicas e entender o que funciona e o que não funciona, o essencial e o supérfluo na fotografia.

E como sempre o importante é muito simples, e visto de maneira clara não podemos mais esquecer.

Em 2019 inaugurei a Fotoweb Academy, uma plataforma online dedicada ao ensino de fotografia de alto nível, com vídeos e entrevistas e cursos exclusivos, como A Linguagem do Olhar. 

01-IMG_0077 1800 color.jpg
Screen Shot 2020-04-21 at 09.34.36.png

Aqui você vai ter o mapa, a bússola e o guia para descobrir, no vasto território da fotografia, a magia de criar imagens

Veja tudo o que você irá aprender nesse curso

Screen Shot 2018-12-09 at 10.44.50.jpg

AULA 1

A LINGUAGEM VISUAL

Screen Shot 2018-12-09 at 11.54.49.jpg

AULA 2

A IMAGEM HOJE: LIBERDADE E CAOS

Veremos aqui como o homem começou a representar o mundo através da imagem, onde começou a comunicação visual e a sua evolução no tempo até a antiguidade clássica. Continuamos também a verificar outros exemplos de linguagem e o que significa em termos de comunicação:

- A caverna dos sonhos esquecidos e outras cavernas

- O mito da caverna de Platão

- Entrevista com Fernando Lemos e a linguagem das coisas

- A imagem na antiguidade: egípcios, etruscos, romanos e astecas

 

- Representação e imaginação na comunicação visual

Screen Shot 2018-12-14 at 18.30.38.jpg

AULA 4

A PINTURA E OS FUNDAMENTOS DA LINGUAGEM FOTOGRÁFICA

AULA 5

A FOTOGRAFIA, IMAGEM TÉCNICA

O filósofo Vilém Flusser num ensaio definiu a fotografia como imagem técnica, ou seja, uma imagem produzida por aparelhos, o que lhes confere uma diferença fundamental das imagens tradicionais. Veremos uma breve história das câmeras

fotográficas, comentando o digital, e uma primeira idéia das relações entre a fotografia e a pintura.

- A imagem técnica e A Filosofia da caixa preta:  Flusser 

- A linguagem fotográfica com Iatã Cannabrava

- A evolução das câmeras fotográfica: do filme ao digital

-  Fotografia e pintura ( pictorialismo )

-  A fotografia e as artes plásticas hoje

Screen Shot 2018-12-14 at 08.58.04.jpg

AULA 6

A LINGUAGEM DO INSTRUMENTO 

PARTES 1 e 2

Sendo imagem técnica, a fotografia depende do instrumento, a câmera fotográfica. Conhecer e controlar a câmera faz a diferença entre ser, ao dizer de Flusser, um operador ou funcionário do aparelho, ou um fotógrafo. Nessa aula, dividida em duas partes pela quantidade de informação, veremos resumidamente:

- A linguagem como produto da técnica

 

- Conhecendo as câmeras fotográficas: câmeras de campo e de estúdio, Sinar 4x5 “ e Os movimentos de câmera

 

- A evolução do conceito de câmera: Exakta, a primeira 35 mm, a câmera da família, Nikon serie F, Hasselblad e Polaroid

 

- Fotômetros de luz incidente e refletida, spotmeter  e colorí

 

- Elementos da linguagem fotográfica: 

 

- Ansel Adams: A Camera

- Lentes: distancia focal e perspectiva

 

-A câmera como linguagem: Man Ray, Gary Winogrand, Massimo Vitale, Andreas Gurskky, Luisa Dorr

Screen Shot 2018-12-14 at 09.01.12.jpg

AULA 7

A LINGUAGEM DO OLHAR

Screen Shot 2018-12-24 at 18.52.24.jpg

AULA 8

O PRETO E BRANCO E SEUS MESTRES

 PARTES 1 e 2

A linguagem fotográfica pode ser dividida em duas vertentes fundamentais: o preto e branco e a cor. Temos uma série de fotógrafos importantes que sempre trabalharam em preto e branco e outros que preferiram a cor. Aqui trataremos das técnicas mais importantes desenvolvidas por Ansel Adams, e assuntos que eram relativos ao mundo do filme e que nos ajudam também a entender melhor o digital. Na segunda parte falaremos da obra dos grandes mestres do preto e branco.

Novamente temos uma aula em duas partes, pela vastidão dos assuntos tratados:

- A linguagem fotográfica e a questão do PB por Iatã Cannabrava

 

- Características da imagem em PB: forma, textura, gradações de tom, grafismo

 

- Filtros, lentes e perspectiva

- Ansel Adams e o Zone System

 

- A técnica como elemento da linguagem fotográfica

 

- Filmes e curvas caraterísticas 

- Os grandes mestres do preto e branco vistos através de seus livros: Edward Steichen, Julia Margaret Cameron, Clarence White, Alfred Stieglitz, Minor White, Mario Giacomelli, August Sander, Lazlo Moholy  Nagui , Man Ray , Geraldo de Barros, German Lorca, Robert franck, Eugene Smith, Henry Carier Bresson, Larry Clark, William Klein, Ralph Gibson, Mario Cravo Neto, Claudia Andujar

-Revista Camera - uma galeria impressa

Screen Shot 2018-12-26 at 15.13.19.jpg

AULA 9

A COR E SEUS MESTRES 

 PARTES 1 e 2